Gente Buscando Gente

Mãe se emociona ao falar com a filha depois de 5 anos sem notícias

Cinco anos. Esse foi o tempo que a aposentada Amélia Rosa dos Santos passou sem ter nenhuma notícia da filha Hélica Cristina dos Santos que mudou para Foz do Iguaçú no Paraná em 1994.

Ela chegou a voltar uma vez a Governador Valadares em Minas Gerais para visitar a mãe. Após isso o contato era através de cartas. Mas a mãe se mudou de onde morava e as cartas que tinha com o endereço da filha foram perdidas em uma enchente.

Dona Amélia participou duas vezes do Quadro Desaparecidos na Praça Getúlio Vargas. Seu caso então passou a ser acompanhado pela ONG Gente Buscando Gente que conseguiu contato com a filha em Foz do Iguaçú.


 
 
Na tarde da última quinta-feira mesmo com a distancia elas puderam matar um pouco a saudade. Ao participar do Programa Balanço Geral, apresentado por Robson Santos, mãe e filha conversaram ao vivo.




Apostando em novos reencontros

  

O empenho da ONG Gente Buscando Gente, agora apoiada pelo Programa Balanço Geral vai continuar para que em breve possamos realizar novos reencontros.