Gente Buscando Gente

Filho reencontra o pai depois de 47 anos


Dizem que a vida é feita de encontros e desencontros. E nos desencontros da vida, figura Paulo Sergio de Oliveira, 56 anos, que após a separação de seus pais, em Mandaguari no Estado do Paraná, perdeu completamente o contato com o pai, o Senhor Alcino Sabino de Oliveira, 80 anos.

Essa situação mudou completamente a história de Paulo Sergio.

Daquela época sobrou apenas poucas lembranças, porque ainda era menino na idade tenra que vida oferece. Junto com o pai também foi embora uma irmã  que se lembrava apenas do primeiro nome: Maria. Isso há 48 longos anos

E com o tempo o constante sonho de encontrar o pai e a irmã tornou-se uma esperança. Paulo Sergio ficou com a mãe que acabou falecendo em 2011.

Paulo Sergio começou uma busca incessante pelo pai e a irmã, e foi com a ajuda da esposa Natália Sudário da Silva que ao ver na televisão um reencontro promovido pela ONG Gente Buscando Gente, incentivou o marido a procurar a instituição, e foi aí que a história de uma vida, baseada na esperança começou a ter nuanças de um sonho a se realizar.

E tudo deu certo. Orientado pela ONG, o filho saiu da cidade de Eldorado no Mato Grosso do Sul e percorreu cerca de 2000 km durante mais de 30 horas e chegou na madrugada de domingo, 14 de setembro em Governador Valadares. O ponto de encontro com os voluntários da entidade e com a equipe de jornalismo da TV Leste (repórter Aguiar Júnior e cinegrafista José Luiz Ramos) foi um hotel no centro onde ficaram descansando para o reencontro no dia seguinte.

Finalmente a busca de 47 anos acabaria. Na cidade de Aimorés, onde mora atualmente, o pai Alcino já esperava com muita ansiedade de abraçar o filho que ao vê-lo as lágrimas brotaram nos olhos. O reencontrou abriu a oportunidade única de escreverem novas páginas desta história que passou quase 50 anos em branco. 

Quem também tem o sonho de reencontrar um familiar desaparecido ou que tenha perdido o contato, devem acessar o site da ONG (www.gentebuscandogente.org.br) onde contem as informações de como mandar sua história.




*Do Jornal Notícias No Leste.