Gente Buscando Gente

Família de jovem desaparecido no Peru faz rifa para retomar as buscas após um ano



Prêmios serão entregues no dia 30 de abril, aniversário do estudante

A família do estudante brasiliense Artur Paschoali, de 20 anos, desaparecido no Peru há quase um ano, decidiu fazer uma rifa para arrecadar dinheiro e retomar as buscas pelo jovem.

O irmão de Arthur, o engenheiro Felipe Paschoali, explicou que o objetivo é acelerar os trâmites burocráticos e o processo que está parado.

— A gente quer buscar os documentos que ficaram no local e retomar os trabalhos. Há um processo onde foram feitas várias diligências, mas há quase um ano não sai do lugar.

Assim que teve a ideia, Felipe criou um perfil no Facebook com o nome "Procurando Artur Paschoali". Os interessados deverão curtir a página e enviar uma mensagem solicitando a rifa, ao custo de R$ 10 e que será entregue em formato digital assim que for confirmado o depósito bancário.

Em entrevista ao R7, o engenheiro explicou que a família foi ao Peru e ficou quase três meses acompanhando as buscas e se sustentando com o próprio dinheiro, mas não conseguiu encontrar o rapaz.

Durante o período, os pais do estudante percorreram 182 cidades peruanas, próximas a Machu Picchu, região onde o rapaz foi visto pela última vez no dia 21 de dezembro do ano passado, e gastaram quase R$ 80 mil.

— A gente procurou com recursos próprios durante muito tempo e agora eles se esgotaram. Para reiniciar as buscas, vamos precisar de toda a ajuda possível. Tudo é bem vindo e ainda temos esperanças.

Em agosto deste ano, a família chegou a acreditar que Arthur foi vítima de um esquema criminoso e estaria trabalhando como escravo para o narcotráfico. Diversas outras hipóteses também foram levantadas, mas nenhuma delas confirmada.

Ao todo, serão entregues três prêmios no dia 30 de abril, aniversário do jovem, quando haverá o sorteio das rifas. Os vencedores poderão receber um Iphone 5C, um relógio Bulova ou um Playstation 3.

*Do Portal R7.