Gente Buscando Gente

Quadro Desaparecidos - 04-07-2013



Veja como foi o Quadro Desaparecidos de hoje, 04 de junho de 2013.

Toda quinta-feira o espaço é aberto para que as famílias façam o apelo pelo reencontro.
 Para participar basta comparecer na quinta-feira no horário de 12:45hs. É importante trazer a foto do familiar para aproveitar a oportunidade de mostrá-la ao vivo no Programa Balanço Geral.


O ponto de encontro é na Praça Getúlio Vargas no Bairro de Lourdes em Governador Valadares, Minas Gerais.


O quadro é resultado da parceria da ONG Gente Buscando Gente com a TV Leste.




Maria Gomes da Silva há 24 anos procura pela filha ELIANA GOMES DA SILVA que saiu de casa em Governador Valadares para ir ao dentista e nunca mais voltou.


Aldecir José Barbosa procura pelo os avós paternos ALTINA MARIA DA NEVES e CLEMENTE JOSÉ BARBOSA. Ele não chegou a conhecê-los.

 

Rita de Cássia Santos procura pelo filho RITCHELLY JEFFERSON SANTOS. Ele foi para Vitória – ES em 2010 para trabalhar em um quiosque em Coqueiral e não deu mais notícias para a família.


Dalva dos Reis de Andrade procura pelos irmãos JOSÉ DOS REIS DE ANDRADE, ANTÔNIO DOS REIS DE ANDRADE, NEDINA DOS REIS DE ANDRADE, MARIA DOS REIS DE ANDRADE e RAIMUNDA DOS REIS DE ANDRADE. Ela não sabe do paradeiro deles há 60 anos.
 

Luzia Soares Machado procura pelo irmão DEUSDETE JACINTO DA SILVA que não vê há 50 anos. Ele teria saído de Mantena em Minas Gerais para ir morar em Belo Horizonte.


Maria Gonçalves de Azevedo procura pelo irmão OSWALDO FERNANDES SOARES que desapareceu em Governador Valadares em 11 de abril de 2007. Ele faz uso de medicamentos controlados.


Maria de Lourdes Gonçalves Nunes procura pelo esposo FLAMINO MACIEL NUNES (foto abaixo) que desapareceu na cidade de São Paulo.


Luzia Soares Machado procura pelo pai ANTÔNIO PEREIRA COELHO que não chegou a conhecer. Segundo informações repassadas a ela, ele estaria morando perto de Mantena em Minas Gerais.


Olinda Rosa Viana procura pelo irmão JOÃO BOSCO DA COSTA PASSOS que ela não chegou a conhecer. Segundo ela o irmão tem hoje 32 anos. Eles são filhos do mesmo pai. A informação que ela recebeu é que ele morou em São José dos Campos e depois se mudou para Campinas em São Paulo.

 

Os casos de Valadares são cadastrados a cada quinta-feira na praça.


As pessoas são atendidas pelo diretor e voluntários da ONG Gente Buscando Gente.



A cada edição do quadro novas famílias vão até a praça participar.






Carlos Rodrigues contou que a entidade conseguiu o último documento que faltava junto ao Governo do Estado. O documento atesta a regularidade fiscal e jurídica da ONG.