Gente Buscando Gente

Falece a avó do Carlos Rodrigues

A criação do Instituto de Busca e Localização de Desaparecidos, hoje popularmente conhecido como ONG Gente Buscando Gente foi inspirada na busca de sua avó por uma filha biológica.


Recebemos nesta segunda-feira, 19 de novembro de 2012 a notícia do falecimento de PENHA DA CONCEIÇÂO, ou simplesmente dona Penha como gostava de ser chamada. Ela viveu 86 anos, mais de 60 destes em uma busca sem nunca desistir.

Buscava pelo paradeiro de uma filha biológica que ela teve que entregar a adoção devido às dificuldades financeiras. Sua história sempre nos incentivou, sempre nos mostrou o quanto devíamos sonhar e insistir mesmo contra tudo, mesmo contra todos.

Seu caso embora já se passado mais de 60 anos como ela contava, tinha um bom andamento aqui na entidade. Com informações do paradeiro da filha lá na região de Vila Valério que ela mesma indicava que morava no tempo o casal que adotou sua filha.

E com as divulgações criadas para a sua busca chegaram também informações de uma neta, filha da Idalina Pereira, a filha biológica que ela procurava. Porém esta filha de Idalina, também não sabia do paradeiro de sua mãe.

Como ela, muitas outras pessoas já idosas, com pouco tempo de vida depositam em nós a esperança de apenas rever um filho que sem alternativa tiveram que entregar à adoção.

No caso de dona Penha o trabalho não andou ao passo que precisava devido às limitações de como ainda é feito o nosso trabalho e devido à dificuldade de se buscar informações depois de mais de cinquenta anos passados do acontecimento dos fatos.

Fica aqui nosso luto e tristeza de não termos conseguido realizar este sonho. Mas inspirados na força e determinação que teve dona Penha, vamos batalhar cada vez mais para tornar esta entidade grande e forte suficiente para que os casos recebam uma solução em espaço menor de tempo.


 Carlos Rodrigues com sua avó dona Penha... 
 ... foi no dia 07 de fevereiro deste ano... 
 ... quando esteve com ela na cidade da família.
Aqui o último encontro que foi no dia 30 de maio deste ano em Conselheiro Pena, leste de Minas.